Loja Virtual: www.festadaarte.com.br

Arquivo para a categoria ‘Dicas de Cozinha’

Receita de capuccino caseiro


Ingredientes

1.400 gramas de leite em pó integral (1 lata)
2.230 gramas de açúcar
3.50 gramas de café solúvel
4.5 colheres (sopa) de chocolate em pó
5.1 colher (sopa) bicarbonato de sódio
6.1 colher (chá) de canela em pó

Como fazer

Misture tudo
Guarde na geladeira

Dicas
Pra quem gosta de chocolate, pode colocar 1 lata toda de chocolate em pó A receita rende bastante Para fazer o cappucino, use leite ou água quente. Coloque umas 4 colheres de sopa (rasas) da mistura e aproveite!

 

Anúncios

Deixando seu Chá mais saboroso


Conservando o alface sempre fresquinha


Tirando excesso de sal do Bacalhau



1. Para tirar o excesso de sal do bacalhau, ferva-o com uma colher de sobremesa de farinha de trigo. A farinha absorverá todo o sal.

2. Para o bacalhau ficar maior e mais gostoso, tire todo o sal e depois coloque-o de molho em leite.

3. Para tirar o excesso de sal do bacalhau com facilidade, deixe-o de molho, numa panela com água, durante quarenta e oito horas. Vá trocando sempre a água da panela, para que o sal que se desprende do bacalhau seja eliminado.  Tire o excesso de sal do bacalhau acrescentando na água de molho um pouco de farinha de mandioca. Deixe de um dia para o outro. A farinha absorverá o sal, deixando o bacalhau no ponto para fazer qualquer prato.

4. Para tirar o excesso de sal do bacalhau, coloque na água de molho duas colheres de sopa de açúcar.

Como amolar facas de cozinha


Existem muitos métodos de amolação de facas, cada um sendo apropriado a uma determinada situação.

1. Amolador de aço
2. Segure o afiador de aço em uma das mãos.
3. Com a outra mão, segure a faca pelo cabo.
4. Coloque a faca logo abaixo do cabo do amolador, com o cabo da faca tocando o fundo do cabo do amolador.
5. Com a faca em um angulo de 25 graus em relação ao amolador, mantenha o amolador firme e desça a faca pelo cilindro de aço.
6.Repita seguidamente até que toda a superfície cortante da faca tenha passado pelo amolador pelos dois gumes.
7. Pedra de amolar
8. Você pode usar uma pedra seca ou molhada.
9. Coloque a pedra em uma superfície rígida.
10. Segure a faca pelo cabo e coloque-a em um ângulo de 25 graus com relação à pedra.
11. Puxe a faca em sua direção e pela pedra.
12. Repita o processo no outro gume.

Conservando pães, bolos e tortas


É possível congelar a massa ou os pães prontos (não amanhecidos), que readquirem suas características originais após o descongelamento.

Pão Francês – embalar em sacos plásticos, extraindo o ar; descongelar em temperatura ambiente ou no forno, envolto em folha de alumínio.

Pão de Forma – embalar em plástico, de preferência em porções individuais.

Pão Recheado – embalar em plástico ou folha de alumínio; descongelar no forno, envolvido em folha de alumínio (baixa temperatura até descongelar, aumentando em seguida).

Pão Doce não deve ser congelado se tiver recheio de amido de milho.

Sonho – congelar sem recheio.

O congelamento de bolos apresenta bons resultados, recomendando-se preparar vários a cada fornada.

Bolo Simples – assar em formas aluminizadas pequenas ou em formas retangulares para cortar em pedaços; embalar frio em bandejas ou sacos plásticos; descongelar ainda embalados em temperatura ambiente ou no forno, por 15 minutos, envolto em folha de alumínio.

Bolo com Cobertura – depois de decorado, levar ao freezer sem embalagem; após 2 horas embalar em folha de alumínio ou saco plástico (tirar da embalagem antes de descongelar, para não danificar a decoração).

Torta – tanto a massa quanto a torta moldada sem assar podem ser congeladas, bem como a torta assada.

Torta Salgada – é mais prático congelar pronta, mas pode ir ao freezer crua; descongelamento em temperatura ambiente ou no refrigerador (pincelar a gema apenas no momento de ir ao forno).

Doces – não devem ser congelados se tiverem recheio de maizena ou cobertura de gelatina.

Pizzas – podem ser congeladas com todos os ingredientes ou só os discos, já assados e separados por plástico; quando já preparadas, com mussarela e recheios, levar ao freezer por 1 hora, antes de embalar individualmente.

Esfiha – congelar pronta, individualmente (como os bifes); descongelar no forno envolta em folha de alumínio.

Pastéis – preparar os pastéis com massa caseira ou pronta, levando ao freezer por 40 minutos; congelar individualmente e armazenar em saco plástico; retirar 30 minutos antes de fritar (ainda gelados) e usar bastante óleo, sem esquentar muito, fritando um por vez.

Coxinhas – mesmo procedimento dos pastéis.

Croquetes – podem ser congelados fritos ou não; quando fritos, embalar em porções isoladas com papel aderente, saco plástico ou folha de alumínio; descongelar no forno; quando não estiverem fritos, proceder como no caso dos pastéis.

Quibes – congelar assado ou frito, embalado em papel alumínio, plástico ou papel aderente; descongelar no forno.

Sanduíches – evitar recheios de tomate cru, alface, pepino e ovo cozido, pois estes não congelam; embalar individualmente em plástico aderente ou folha de alumínio; descongelar em temperatura ambiente, com a embalagem.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: