Loja Virtual: www.festadaarte.com.br

Posts marcados ‘festadaarte.com.br’

Peso para porta | Artesanato do Sabor de Vida


Fonte: TV Aparecida

Deixando seu Chá mais saboroso


Conservando o alface sempre fresquinha


Garrafa Pet | Flores


Materiais

 ◦Garrafas PET
◦Tampinhas variadas
◦Palitos para churrasco
◦Fita mimosa
◦Verniz acrílico brilhante
◦Tinta acrílica verde, branca e preta
◦Giz de cera vermelho para as bochechas
◦Cola quente

Modo de preparo

◦ Pintar carinhas nas tampinhas, deixe secar e passe verniz.
◦ Pintar os palitos de churrasco de verde, deixar secar e passar verniz.
◦ Cortar os fundos das garrafas PET e colar as carinhas feitas de tampinha com a cola quente no centro da garrafa, formando flores.
◦ Fazer lacinhos com a fita mimosa e colar nas flores.
◦ Colar o palito de churrasco nas costas das flores.
◦ Fazer folhas com garrafas verdes, e colar com cola quente.

Artes Leca

Tomate x Câncer



Use e abuse do molho de tomate. Cientistas descobriram uma relação do tomate e derivados – os molhos, sucos, pasta, catchup – com a redução do risco de vários tipos de câncer.

Os produtos a base de tomate são ricos em licopeno, um componente (carotenóide) que dá a cor vermelha ao tomate com propriedades anticancerígenas. Entre os carontenóides conhecidos, estão aqueles com atividade pró-vitamina A: o alfa-caroteno e o beta-caroteno.

O licopeno tem uma atidade antioxidante dez vezes maior que o beta-caroteno. Acredita-se que o licopeno pode reduzir em até 50% o risco de câncer de próstata em humanos e também há a possibilidade dessa substância atuar contra o câncer de esôfago, mama, pulmão e pele.

Os cientistas descobriram, ainda, que o tomate em forma de molho tem maior biodisponibilidade do licopeno. Ou seja, consumo do produto aumenta a concentração da substância no sangue.

Como amolar facas de cozinha


Existem muitos métodos de amolação de facas, cada um sendo apropriado a uma determinada situação.

1. Amolador de aço
2. Segure o afiador de aço em uma das mãos.
3. Com a outra mão, segure a faca pelo cabo.
4. Coloque a faca logo abaixo do cabo do amolador, com o cabo da faca tocando o fundo do cabo do amolador.
5. Com a faca em um angulo de 25 graus em relação ao amolador, mantenha o amolador firme e desça a faca pelo cilindro de aço.
6.Repita seguidamente até que toda a superfície cortante da faca tenha passado pelo amolador pelos dois gumes.
7. Pedra de amolar
8. Você pode usar uma pedra seca ou molhada.
9. Coloque a pedra em uma superfície rígida.
10. Segure a faca pelo cabo e coloque-a em um ângulo de 25 graus com relação à pedra.
11. Puxe a faca em sua direção e pela pedra.
12. Repita o processo no outro gume.

Conservando pães, bolos e tortas


É possível congelar a massa ou os pães prontos (não amanhecidos), que readquirem suas características originais após o descongelamento.

Pão Francês – embalar em sacos plásticos, extraindo o ar; descongelar em temperatura ambiente ou no forno, envolto em folha de alumínio.

Pão de Forma – embalar em plástico, de preferência em porções individuais.

Pão Recheado – embalar em plástico ou folha de alumínio; descongelar no forno, envolvido em folha de alumínio (baixa temperatura até descongelar, aumentando em seguida).

Pão Doce não deve ser congelado se tiver recheio de amido de milho.

Sonho – congelar sem recheio.

O congelamento de bolos apresenta bons resultados, recomendando-se preparar vários a cada fornada.

Bolo Simples – assar em formas aluminizadas pequenas ou em formas retangulares para cortar em pedaços; embalar frio em bandejas ou sacos plásticos; descongelar ainda embalados em temperatura ambiente ou no forno, por 15 minutos, envolto em folha de alumínio.

Bolo com Cobertura – depois de decorado, levar ao freezer sem embalagem; após 2 horas embalar em folha de alumínio ou saco plástico (tirar da embalagem antes de descongelar, para não danificar a decoração).

Torta – tanto a massa quanto a torta moldada sem assar podem ser congeladas, bem como a torta assada.

Torta Salgada – é mais prático congelar pronta, mas pode ir ao freezer crua; descongelamento em temperatura ambiente ou no refrigerador (pincelar a gema apenas no momento de ir ao forno).

Doces – não devem ser congelados se tiverem recheio de maizena ou cobertura de gelatina.

Pizzas – podem ser congeladas com todos os ingredientes ou só os discos, já assados e separados por plástico; quando já preparadas, com mussarela e recheios, levar ao freezer por 1 hora, antes de embalar individualmente.

Esfiha – congelar pronta, individualmente (como os bifes); descongelar no forno envolta em folha de alumínio.

Pastéis – preparar os pastéis com massa caseira ou pronta, levando ao freezer por 40 minutos; congelar individualmente e armazenar em saco plástico; retirar 30 minutos antes de fritar (ainda gelados) e usar bastante óleo, sem esquentar muito, fritando um por vez.

Coxinhas – mesmo procedimento dos pastéis.

Croquetes – podem ser congelados fritos ou não; quando fritos, embalar em porções isoladas com papel aderente, saco plástico ou folha de alumínio; descongelar no forno; quando não estiverem fritos, proceder como no caso dos pastéis.

Quibes – congelar assado ou frito, embalado em papel alumínio, plástico ou papel aderente; descongelar no forno.

Sanduíches – evitar recheios de tomate cru, alface, pepino e ovo cozido, pois estes não congelam; embalar individualmente em plástico aderente ou folha de alumínio; descongelar em temperatura ambiente, com a embalagem.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: